Home > Dicas

Veja como resolver problema com formatos de músicas no iTunes

Selecionamos dicas para algumas das principais dúvidas sobre conversão de faixas, incluindo formatos sem perda de qualidade como Lossless e FLAC.

Macworld / EUA

13/08/2012 às 18h51

Foto:

Apesar de ser possível viver com apenas um tipo de arquivo musical – AAC ou MP3, por exemplo – existe uma variedade de diferentes formatos usados para músicas que você pode encontrar atualmente. Formatos sem perda – como o Lossless da Apple e FLAC – arquivos de alta resolução podem ser um desafio para usuários do iTunes. Seguem algumas questões que recebemos sobre conversão entre diferentes formatos de arquivos.

Pergunta: Eu normalmente compro arquivos de alta resolução (88.2 kHz/24 bit, digamos) e apesar de conseguir reproduzir essas faixas pelo iTunes e no meu som sem problemas, não é possível sincronizá-las com meu iPod ou iPhone porque os aparelhos não as reconhecem. Como posso criar uma cópia separada de resolução padrão (44.1 kHz/16 bit) desses arquivos para uso nos meus aparelhos portáteis dentro da mesma biblioteca do iTunes?

Primeiro, você precisa converter esses arquivos para um formato que seja compatível com aparelhos iOS e iPods. Recomendamos o X Lossless Decoder (XLD), que é uma das ferramentas mais versáteis para converter arquivos de áudios no mercado. Com ela, você pode converter arquivos de alta resolução para o formato de sua escolha – Lossless da Apple, AAC, ou MP3 – e sincronizar esses arquivos com seu aparelho iOS. O XLD converte arquivos de muitos formatos para muitos outros formatos, por isso você pode usá-lo para praticamente todas as suas conversões.

Para distinguir esses arquivos das faixas de alta resolução, você tem duas opções. Ou criar um gênero “Alta-resolução”, desde que você tenha menos arquivos de alta resolução do que músicas de qualidade padrão, ou nomear os álbuns de maneira que os diferenciem. Por exemplo, você pode ter duas versões do clássico disco de Bruce Springsteen: “Born to Run” e “Born to Run – Alta res”.

itunesformatos02

Depois disso, você precisará criar playlists para separar os diferentes tipos de arquivos e sincronizar seu conteúdo com seus aparelhos iOS. Na verdade, as preferências do XLD te permitem adicionar arquivos convertidos para uma nova playlist de sua escolha, por isso você pode incorporar facilmente a criação de listas de reprodução ao seu processo de conversão.

Pergunta: Importo todas as minhas músicas para o iTunes no formato Lossless da Apple. Há uma diferença de qualidade se converter um arquivos Lossless para AAC em vez de importar um CD diretamente como AAC?

Não. Um arquivo sem perda (lossless), por definição, contém a mesma quantidade exata de dados que o CD original. Na verdade, muitas pessoas ripam Cds em formatos sem perda para manter cópias de arquivo, e então convertem para AAC ou MP3 para usá-los com aparelhos portáteis.

Pergunta: Quero importar novamente para o iTunes muitos dos meus CDs que ripei anteriormente com qualidades entre 128kbps e 320kbps. Gostaria de importá-los para o formato Lossless da Apple. Mas todas essas faixas possuem capas, letras e gêneros customizados e tags adicionais no campo de comentários. Existe uma maneira de importar novos arquivos de áudio e manter todos os metadados que não sejam de áudio.

Sim, há duas maneiras de fazer isso. Primeio, se você ripar novamente um CD e as tags Álbum, Artistas, Gênero, e Nome forem as mesmas que estão na sua biblioteca do iTunes, então o programa vai ver isso e se oferecer para substituir os arquivos atuais pelas novas importações. Quando fizer isso, o iTunes mantém todos os metadados adicionais.

No entanto, ao fazer isso com meus CDs descobri que isso nem sempre funciona, mesmo se todas as tags forem iguais. Por isso, utilizo o AppleScript pago “Copy Tag Info Tracks to Tracks”, de Doug Adams. Para trabalhar com esse scrip, primeiro selecione o grupo de faixas – aquelas que possuem seus metadados customizados – e então copie esses dados. Depois, selecione as faixas recém-ripadas e cole os dados nelas. Você pode apagar as faixas mais antigas após verificar que tudo foi copiado de maneira correta.

itunesformatos03

Pergunta: Se eu reconverter todos os meus CDs para o formato sem perda da Apple, é possível me livrar de todas as versões comprimidas ou preciso manter essas para poder reproduzir as músicas no iPhone, iPad e Apple TV? Em outras palavras, os aparelhos iOS e a Apple TV reproduzem arquivos Lossless/sem perda?

Todos os iPods e aparelhos iOS conseguem reproduzir o formato Lossless da Apple – apesar de que você talvez não queira fazer isso por causa da quantidade de espaço que esses arquivos ocupam (especialmente em aparelhos “apertados” como o iPod Shuffle de 2GB).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail