Home > Notícias

Como evitar que roubem seu notebook

A perda dessas máquinas pode causar sérias e desagradáveis conseqüências, tanto para o usuário final quanto para empresas

Por PC World/EUA

29/01/2008 às 17h10

Foto:

roubo_laptop_150
Se é dono de uma empresa, sua maior preocupação em TI provavelmente não é quando ou se vai mudar para o Vista. Sua atenção está voltada para salvaguardar seus equipamentos valiosos – e as informações que são mais preciosas ainda – longe das mãos de ladrões.

Notebooks e gadgets móveis como celulares, PDAs e unidades de disco flash USB se tornaram indispensáveis à maioria das atividades corporativas. Esses eletrônicos hoje em dia passam grande parte do tempo fora do escritório, já que se pode trabalhar de qualquer lugar. Tal mobilidade faz com que se tornem vítimas potenciais de perdas e roubos.

Um número imenso de eletrônicos pode ser facilmente esquecido em metrôs, aviões e táxis. O site YouGetItBack.com informa que só o aeroporto de La Guardia (Nova York) acumulou mais de 70 mil computadores portáteis e PDAs sem donos no setor de achados e perdidos. Segundo o Accenture, cerca de dez a 15% de todos os notebooks, PDAs, celulares e pagers são perdidos pelos seus donos.

Alvo fácil
Por seu tamanho e valor, os notebooks se transformaram em um alvo incrivelmente atrativo para os ladrões de identidade. Estudo feito em 2006 pelo Instituto Ponemon constatou um crescimento de 81% no número de empresas que tiveram esses aparelhos roubados entre 2005 e 2006. Até máquinas que nunca deixam o escritório são alvos, porque o acesso a elas não costuma ser vigiado.

No caso das pequenas empresas, quanto há seguro para equipamentos portáteis, ele costuma cobrir apenas o hardware, deixando de lado as informações contidas nele, independentemente de serem segredos de mercado ou informações financeiras e de clientes. Perder tais dados pode provocar caras e constrangedoras conseqüências.

Segundo uma pesquisa feita pela McAfee e pelo Datamonitor em 2007, uma perda de dados envolvendo informações pessoais do cliente chega a custar à empresa, em média, 268 mil dólares em despesas – mesmo que as informações nunca sejam usadas. E um terço das empresas pesquisadas afirmaram que uma perda de dados significativa à segurança seria capaz de causar uma falência.

Você pode se precaver desses inconvenientes com algumas dicas. Elas certamente vão reduzir o risco de perder equipamentos e informações. ++++

roubo_laptop_150
Use senhas para rastrear seu notebook

O primeiro passo é colocar uma etiqueta de identificação em cada notebook, BlackBerry, câmera digital e chave USB que sua empresa possui e registrá-las em um serviço de recuperação. O número de empresas que nunca gravam nem os números seriais dos equipamentos é espantosamente alto, tornando praticamente impossível para as autoridades reunirem informações úteis sobre os proprietários. As estiquetas devem conter o número de série do equipamento, além de dados de controle de inventário utilizado e o nome de sua empresa.

De acordo com estudos realizados por especialista, os equipamentos que têm tais etiquetas são mais facilmente recuperáveis do que aqueles que não apresentam qualquer tipo de identificação.

Primeiro você registra cada item na web, com informações identificadas, depois eles entram em contato caso encontrem algum item. O preço normalmente é de cinco a dez dólares por rótulo, com descontos por quantidade. Fornecedores que também oferecem serviços de rotulação e de recuperação incluem ArmorTag, BoomerangIt, StuffBak, TrackItBack, YouGetItBack.com e zReturn.

++++

Rótulos do TrackItBack
Algumas dessas empresas vendem serviços vitalícios por um preço fixo, enquanto outras usam modelo de assinatura anual. Algumas cobram uma taxa de recuperação se o item é encontrado. A TrackItBack vende pacotes que reduzem os custos para cinco dólares por rótulo, com serviço vitalício e sem taxas administrativas para itens recuperados. Ela até envia uma nova tag se a original desaparecer.

Todas as empresas de recuperação de dados citam considerações a respeito de privacidade e do serviço telefônico 24 horas como argumento para usarem seus rótulos em vez de cartões de vista ou tags de inventário da sua própria empresa. Os rótulos por eles mesmos conseguem deter ladrões, porque implicam dificuldades. Eles estão disponíveis para projetores portáteis, chaves, óculos, headsets com Bluetooth, dispositivos GPS, bagagem, etc – não apenas para laptops e celulares. Qualquer coisa que se mova pode e deve ser protegida.

Confie em softwares de recuperação
Se um ladrão roubar seu notebook, softwares de rastreamento e recuperação podem ajudá-lo a trazê-lo de volta. O ComputraceComplete da Absolute Software (50 dólares por ano), o PC PhoneHome da Brigadoon (30 dólares vitalício), o Inspice Trace da Inspice (30 dólares por ano), o Laptop Tracker da XTool (40 dólares a edição para pequenas empresas) e o zTrace Gold da zTrace Technologies (50 dólares por ano) são utilitários de rastreamento que se conectam periodicamente ao servidor central.

Quando qualquer um desses faz isso, o serviço associado consegue rastrear a localização do seu notebook na Internet e chamar a polícia local para recuperá-lo. A Absolute Software alega que o Computrace sobrevive no laptop mesmo se o ladrão reinstalar o sistema operacional, reformatar o disco rígido ou (em alguns modelos) trocá-lo.

Alguns produtos de rastreamento têm ferramentas como a que destrói informações chave se o notebook é roubado ou a que tira uma foto do ladrão se possuir uma câmera acoplada. A localização do laptop pode ser apontada por um endereço de IP ou pelo GPS, dependendo do dispositivo e do serviço. Descontando variáveis como número de equipamentos protegidos e duração de contrato, a média de despesas para a maioria das empresas são ínfimas em comparação ao custo de uma perda de dados.

++++

O ComputraceComplete é o líder de mercado, com variadas ferramentas, desde gerenciamento de licença de software (ótimo para pequenas empresas) até uma função que apaga dados remotamente e está de acordo com os padrões de Departamento de Defesa. A empresa garante recuperação do seu computador em 30 dias; se ela falhar, deve pagar a você 90% do preço original do equipamento, acima de mil dólares.

Faça back up e criptografe seus dados
Sem levar em consideração as precauções que você toma, seu laptop corre o risco de ser roubado. Para ter o mínimo de prejuízo, faça back up e use a criptografia.

Criptografar informações em notebooks e em drives USB é relativamente fácil atualmente, graças a ferramentas de segurança com preços acessíveis que fornecem criptografia com qualidade militar.  Esses programas, entretanto, só são eficazes se os usuários os tornam eficazes, então certifique-se de que seus funcionários sabem como cuidar do equipamento. Por exemplo, em vez de deixar o notebook em standy by durante uma viagem, eles devem desligá-lo completamente e proteger a unidade de disco.

Eles também devem saber quais as pastas criptografadas e como fazer o back up de arquivos quando estiverem longe do escritório. Um serviço de back up online pode ser uma boa opção para cuidar disso.

Eduque seus empregados
O fator humano na segurança de notebooks pode ser o mais importante – e provavelmente é o mais fácil de ser negligenciado. A maioria dos notebooks são acidentalmente abandonados. A segurança física é a única melhor maneira de prevenir roubos. Infelizmente, fazer com que funcionários tomem conta de máquinas da empresa como se elas fossem suas não é nada fácil.

Formule uma política impressa para proteger os equipamentos móveis da empresa e periodicamente relembre sua equipe das conseqüências do roubo de um notebook. Os funcionários precisam compreender que, junto com o laptop, podem perder suas senhas pessoais de e-mail e outras, trabalhos prontos mas sem back up e tudo mais que estiver no computador ou na bolsa, como chaves, flash drives USB e papéis importantes.

Chame a atenção dos empregados para a relevância de assumir responsabilidade pela propriedade da empresa. Avalie frequentemente se a equipe está realmente aderindo à política da empresa. E não se esqueça de dar ênfase aos softwares de criptografia e back up. O usuário é sempre o elo fraco dos sistemas de segurança.

++++

Alarmes de segurança
Usuários de notebooks devem carregar mochilas discretas que não “gritem” que carregam um computador. Qualquer modelo de mochila é melhor do que aquelas próprias para notebooks. E vale a pena recomendar aos funcionários que costumam viajar para que usem um alarme. O Belkin USB Laptop Security Alarm (55 dólares) funciona como um cadeado mas faz barulho quando alguém o abre. Já o Laptop Defender Portable USB Computer Alarm (30 dólares) inclui um sensor de movimento que dispara um alarme muito barulhento se o dispositivo anexado a ele é removido.

Outras dicas para os funcionários:

  • Nunca deixe seu notebook descuidado em quartos de hotéis ou salas de conferência. Proteja-o, mas se não tiver como, leve-o junto com você.
  • No escritório, guarde-o em local seguro durante a noite.
  • Nunca deixe uma mala com notebook dentro de um carro onde muitas pessoas possam enxergá-lo. Coloque-o no porta-malas – sem que ninguém perceba. 
  • Triplique o cuidado com a sua mochila em aeroportos (um dos lugares mais comuns para roubos). Enquanto estiver esperando, deixe a  mochila presa entre os pés.

A precaução é um dos segredos para que seus eletrônicos não sumam nem sejam roubados e também facilita na hora de recuperá-los. Por menos de 100 dólares por máquina, você adiciona tags e softwares de rastreamento que podem salvá-lo de enrascadas. 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail