Home > Notícias

Veja o que já sabemos sobre o sucessor do Xbox 360

Novo console será anunciado hoje à tarde e, além do hardware mais poderoso, poderá ter melhor integração com TV, mudanças na rede online e até Kinect integrado!

Jason Cross, TechHive

20/05/2013 às 19h15

Foto:

Às 14:00 (horário de Brasília) deste dia 21 de Maio a Microsoft irá apresentar a nova geração de seu console de videogame, o Xbox. A imprensa foi convidada, e até mesmo os gamers poderão participar, assistindo à apresentação online

Leia também
Microsoft anuncia o Xbox One, sucessor do Xbox 360
Electronic Ars, Activision e Ubisoft anunciam jogos para o Xbox One

A empresa tem sido bastante reservada quanto ao sucessor do Xbox 360: há pouca informação concreta, e rumores que parecem mudar ao sabor dos ventos tem circulado pela web há anos. Ainda assim, quando você ouve a mesma história com frequência, vinda de fontes geralmente confiáveis, começa a ter uma boa idéia do que esperar.

A seguir, você irá encontrar nossos palpites sobre o próximo console da Microsoft. Será que estamos certos? Felizmente não teremos de esperar muito para saber.

O nome

O codinome do próximo Xbox é Durango, mas assim como o Xenon foi rebatizado como Xbox 360, o Durango provavelmente irá ganhar um nome oficial. Alguns tem chamado o console de Xbox 720, porque é o dobro de 360, mas esse não pode ser o nome oficial porque, vamos ser francos, é bobo demais.

O jornal inglês International Business Times diz ter fontes que alegam que o nome será Xbox Infinity, que não é tão ruim. O rumor ganhou peso por causa de um “mock-up” muito profissional do logotipo criado por um usuário do Reddit chamado de “C-Ron”. O nome até pode ser Xbox Infinity, mas uma logo feita por um fã não prova nada.

novoxbox_fakelogo-360px.jpg
Suposto logo do "Xbox Infinity" foi criado por um fã

Recentemente a Microsoft começou a registrar domínios relacionados ao nome Xbox Fusion, como XboxFusion.com, XboxFusion.info, XboxFusion.biz, XboxFusion.de, XboxFusion.co.uk, e outros. Todos redirecionam para o site oficial do Xbox. Está é uma das melhores pistas que temos sobre qual será o nome do console.

A ficha técnica

Se há algo sobre o qual os fanboys de videogame gostam de discutir na internet, é sobre os méritos de supostas fichas técnicas de hardware futuro. Há meses um conjunto de especificações do próximo Xbox vem circulando tão amplamente pela internet que parece quase inimaginável que a Microsoft vá anunciar qualquer outra coisa. Há até um diagrama de blocos do sistema. De acordo com os rumores, o console terá:

  • Um processador x86 de oito núcleos produzido pela AMD, baseado na arquitetura “Jaguar” (muito similar ao do PlayStation 4).
  • Uma GPU também da AMD, baseada na família Radeon 7000, com 12 núcleos (similar à do PS4, mas este tem 16 núcleos).
  • 8 GB de RAM DDR3 (mesma quantidade do PS4, mas este tem memória GDDR5, mais rápida)
  • 32 MB de SRAM rápida.
  • Um HD integrado (de tamanho não especificado)
  • Um drive de Blu-ray mais rápido
  • Wi-Fi integrado
  • Hardware dedicado para criptografia, compressão e descompressão de áudio e vídeo e processamento de dados do Kinect

Não há motivo para acreditar que os rumores estão corretos, mas até o momento ninguém os refutou e a configuração parece bastante razoável, mais ou menos em linha com o que já foi anunciado para o PlayStation 4. Calma, fãs da Sony! Eu disse “mais ou menos”: se essa for mesmo a ficha técnica do console, significa que o PlayStation 4 será um pouco mais poderoso, mas não o bastante para fazer uma grande diferença no que você irá jogar.

novoxbox_diagrama-360px.jpg
Suposto diagrama de blocos da arquitetura do console

Considere que o PlayStation 3 é certamente mais poderoso que o Xbox 360, e que no geral os melhores jogos em ambas as plataformas são basicamente equivalentes nos quesitos técnicos. E lembre-se que o primeiro Xbox era no papel cerca de 3 vezes mais poderoso que o PlayStation 2, mas os jogos eram apenas minimamente mais impressionantes.

Kinect para todos

Considerando que ele foi lançado tarde no ciclo de vida do console, o Kinect foi um acessório bem sucedido para o Xbox 360, com cerca de 24 milhões de unidades vendidas. Mas desta vez não esperamos que a Microsoft vá dividir o mercado entre quem tem e quem não tem o Kinect: se os rumores estiverem certos, todo novo Xbox virá com algum tipo de “Kinect” integrado. 

Dizem que a nova versão do acessório terá de duas a três vezes a resolução do modelo original, com um campo de visão maior e melhor desempenho sob pouca luz, para funcionar melhor em diferentes “configurações” de salas de estar. Um processador dedicado mais robusto deve melhorar a precisão e o tempo de resposta.

O Kinect foi um diferencial que os concorrentes não conseguiram igualar, e embora os gamers mais fanáticos não o tenham adotado, a melhor forma de garantir que os desenvolvedores farão bom uso da tecnologia é garantir que todo gamer tenha acesso a ela. Assim, os desenvolvedores poderão gastar tempo e esforço em recursos avançados para o Kinect sem se preocupar com o fato de que apenas uma fração dos jogadores poderá usá-los.

Um controle ligeiramente melhorado

O formato e layout do controle do Xbox 360 é amado pelos games, e frequentemente imitado.Por isso tudo o que a Microsoft tem que fazer com ele é reduzir a latência e aumentar a largura de banda, uma tarefa fácil se levarmos em consideração a tecnologia wireless atual, refinar os botões e alavancas analógicas e, pelo amor de Deus, consertar o horrendo direcional.

novoxbox_controle-360px.jpg
Controle do Xbox 360 já é muito bom, e mudanças devem ser pequenas

Provavelmente veremos algumas pequenas mudanças no layout dos botões, e talvez até um pequeno painel sensível ao toque, como o que a Sony colocou no DualShock 4, mas não espere uma revolução.

Integrado à TV?

Dizem que o novo Xbox terá uma entrada HDMI. Isso permitiria plugar seu receptor de TV a cabo ou satélite no console, e o console na TV, dando ao Xbox a capacidade de sobrepor gráficos e informações sobre o que você estiver assistindo. Da mesma forma como a maioria dos aparelhos com “Google TV” funcionam.

Isso tem implicações enormes. Significa nunca mais perder um convite para jogar o último lançamento com os amigos porque você estava acompanhando um maratona de seu seriado favorito. Seria possível até mesmo incorporar divertidos elementos interativos na programação. O potencial para o mal também é aparente: imagine a Microsoft vendendo anúncios que “pipocam” na sua tela, de acordo com o que você está assistindo ou o que seus amigos na Xbox Live estão jogando.

Ter o Xbox como um intermediário entre o receptor de TV a cabo e a TV abre espaço para uma ampla variedade de recursos, especialmente se os provedores de TV a cabo e satélite decidirem cooperar com a Microsoft. 

A inclusão de uma entrada HDMI nos soa como algo plausível, dadas as tentativas da Microsoft ao longo dos últimos anos de apresentar a marca Xbox como algo que engloba todo o mercado de entretenimento, e não apenas os jogos. Também seria uma forma forma de diferenciar o novo Xbox dos concorrentes produzidos pela Sony e Nintendo.

Os jogos

Embora a Microsoft queira posicionar o novo Xbox como um dispositivo de entretenimento para todos ela não é burra, e sabe que serão os gamers que irão comprar a máquina num primeiro momento, abrindo as portas para uma adoção mais ampla no futuro. Das famílias aos gamers mais radicais, os jogos tem que ser o coração desta coisa.

Na verdade, não sabemos quase nada sobre que jogos exclusivos serão lançados com o novo sistema. Rumores recentes sugerem que um novo Halo não será um dos títulos de lançamento, mas podemos imaginar mais um título na série Project Gotham Racing (PGR), além de um ou dois títulos da Rare, incluindo um jogo de tiro em primeira pessoa. Talvez um novo jogo na série Perfect Dark? 

novoxbox_perfectdark-360px.jpg
Alguém a fim de mais uma aventura da agente Joanna "Perfect" Dark?

Há rumores de que a Lionhead Studios (das séries “Black & White” e “Fable”) também irá anunciar um novo jogo. Também foi dito que o primeiro jogo da Respawn Entertainment (um estúdio fundado por ex-membros da Infinity Ward, responsável pela série Call of Duty) será exclusivo para o novo console da Microsoft. E supostamente Ryse, um sangrento jogo de combate com espadas e temática romana desenvolvido pela Crytek (da série Crysis), que foi anunciado no ano passado, será uma das vitrines do novo Kinect.

Provavelmente ouviremos muito pouco sobre os jogos no evento desta terça-feira, e mais informações devem ser anunciadas na E3 em Junho.

DRM, conexão à internet e jogos usados

Talvez o rumor mais discutido sobe o sucessor do Xbox 360 é que ele irá exigir uma conexão constante à internet e proibir o uso de jogos usados. As coisas provavelmente não serão tão simples, mas como em muitos rumores provavelmente há um pouco de verdade nessa história que foi mal-contada, mal-entendida e teve as proporções exageradas.

Acreditamos que as coisas irão funcionar assim: o novo Xbox não irá exigir que você esteja online simplesmente para funcionar. Você provavelmente terá de conectá-lo à internet para registrar o aparelho e criar um perfil na rede Xbox Live (ou se logar em um já existente), mas para assistir a um filme em Blu-ray, um vídeo que você já baixou ou jogar um jogo single-player, uma conexão à internet não será necessária. Ainda assim, muitos dos melhores ou mais interessantes recursos do console (como o streaming de conteúdo, integração com TV e novos recursos do Xbox Live) serão baseados na internet.

Provavelmente os desenvolvedores poderão proteger seus jogos usando esquemas de ativação que exigem uma conexão permanente (como no novo Sim City) se quiserem. E eles não estão felizes em perder uma boa grana para o mercado de jogos usados, então não será uma surpresa se a Microsoft tiver uma carta na manga para ajudar a restringí-lo. 

Retrocompatibilidade

Não há consenso quanto à capacidade do novo console de rodar os jogos do Xbox 360. Um relato chegou a sugerir que o hardware do console atual seria reduzido a um único SoC (System on a Chip, ou “Sistema em um Chip”) e incluso no novo Xbox, mais ou menos como a Sony fez com o PlayStation 2 (onde o processador do PlayStation 1 fazia o papel de controlador de I/O). Mas essa idéia nos parece cara e um tanto insana.

novoxbox_360slim-360px.jpg
Não espere que o novo console seja capaz de rodar jogos do Xbox 360

Acreditamos que a Microsoft irá romper com o passado aqui. Para poder avançar com seu serviço online e focar no futuro, ela irá tornar o novo Xbox incompatível com o velho. Ela provavelmente irá continuar a vender o Xbox 360, por um preço baixo, por um ou dois anos. E agora que foi confirmado que o PlayStation 4 será incompatível com os jogos do PlayStation 3, é ainda mais fácil para a Microsoft puxar o gatilho.

Xbox Live

Falando em recursos online, esperamos grandes mudanças na próxima geração do Xbox Live. Um relato recente sugere que a Microsoft irá mudar as listas de amigos para que funcionem de forma mais similar ao Twitter, ou seja, você poderá seguir uma pessoa sem que ela lhe siga de volta. Isso, além da abolição do limite de 100 amigos, parece uma decisão muito sábia. 

O compartilhamento também parece ser uma grande parte da próxima geração da Xbox Live. O novo console poderá ser capaz de gravar automaticamente as partidas enquanto você joga, permitindo que você reveja o que aconteceu, selecione os melhores momentos e os compartilhe em redes sociais.

É quase certo que as conquistas e troféus (Achievements), uma das principais inovações desta geração de consoles, também serão “repaginadas”. Os desenvolvedores provavelmente serão capazes de incluir mais conquistas, atrelá-las a eventos no mundo real ou torná-las disponíveis por tempo limitado (algo como “jogue neste fim de semana para um troféu especial”) e até ligar achievements entre jogos e entre outras plataformas da Microsoft. 

É interessante que hajam rumores de que a Microsoft planeja abandonar o sistema de chat proprietário da Xbox Live em favor do Skype. Isso seria uma excelente notícia, já que o Skype oferece uma qualidade de áudio dramaticamente melhor. E com um Kinect em cada console, seria fácil fazer videochamadas via Skype na sala de estar.

Infelizmente ainda esperamos que a Microsoft ofereça dois “níveis” de serviço no Xbox Live, Free e Gold, com muitos dos recursos, como o acesso a serviços de streaming de vídeo, reservados para os assinantes Gold.

Baseado no Windows 8

Dizem que o software do novo Xbox será construído sobre a mesma fundação que o Windows 8. Dada a arquitetura de hardware isso parece provável, mas também não é importante. O console não será capaz de rodar aplicativos escritos para o Windows 8, e o sistema operacional será bastante modificado, feito sob medida para um dispositivo de entretenimento plugado à TV e controlado com gamepads e o Kinect.

reviewwin8_inicial-360px.jpg
O Windows 8 é a base para os esforços da Microsoft em PCs,
tablets e smartphones. Como o novo Xbox não deve ser diferente.

Lembre-se que o primeiro Xbox também era baseado em um PC e rodava um sistema operacional baseado no Windows NT, e ninguém podia rodar o Excel nele. A mesma situação se aplica aqui. Com sorte algumas das ferramentas e APIs básicas usadas pelos desenvolvedores para criar aplicativos para o Windows poderão ser usadas com poucas mudanças no novo console, facilitando a vida dos desenvolvedores. Ficaremos surpresos se o núcleo em comum com o Windows 8 for mencionado mais do que brevemente no evento, se é que será mencionado.

Preço e data de lançamento

A Microsoft não irá dizer, é cedo demais. Certamente ouviremos uma promessa vaga como “a tempo para o final de ano”, com mais detalhes sobre preço e uma data real de chegada às lojas mais tarde. Talvez durante a E3 em Junho, ou ainda mais tarde. Quando o preço for finalmente anunciado, esperamos que a Microsoft reduza o choque oferecendo uma opção subsidiada: compre dois anos de Xbox Live Gold por um preço um pouco mais alto e pague algumas centenas de dólares a menos no console.

Isso é só o começo

Assim como no evento do PlayStation 4 em fevereiro, a Microsoft irá nos dar um panorama geral sobre seu novo console e deixar de fora muitos detalhes importantes. Ela pode até seguir a idéia da Sony e não nos mostrar a cara do console, deixando isso para mais tarde. Saberemos mais sobre o novo Xbox durante a E3 em Junho, e mais ainda depois disto.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail