Home > Notícias

Venda de iPhone cresce 98% e Apple encosta na RIM

Empresa vendeu 8,7 milhões de unidades no quarto trimestre, fechou 2009 com 25 milhões de unidade e aumentou a participação no setor de smartphones

Computerworld/EUA

05/02/2010 às 9h49

Foto:

As fabricantes distribuíram um recorde de 54,4 milhões de smarphontes durante o quarto trimestre de 2009, 39% a mais do que os 39,2 milhões do mesmo período de 2008, de acordo com a consultoria IDC.

Com isso, quatro das cinco principais fabricantes de smartphones registraram recordes na venda de dispositivos em um único trimestre. A Apple aumentou as vendas do iPhone em 98%, em comparação com o mesmo período de 2008. A empresa  é a terceira maior fabricante do mercado, atrás das líderes Nokia e Research in Motion (RIM).

No ano de 2009, a Apple se aproximou da RIM, fabricante do BlackBerry. A participação do iPhone cresceu de 14,4% para 16%, enquanto que a da Research in Motion teve pequena redução: de 19,8% para 19,6%. O dado ofusca a informação divulgada recentemente pelo instituto ABI Research, que dava conta da queda na no market share do iPhone no quarto trimestre.

Segundo o analista da IDC Ramon Llamas, os cortes nos preços ajudaram a “criar as condições perfeitas para levar a distribuição a novos níveis”. O crescimento dos sistemas Android, do Google, e Palm WebOS tiveram um grande impacto nas vendas de smartphones durante 2009, ao oferecer aos usuários novas funcionalidades, afirma IDC.

Para todo o ano de 2009, as fabricantes distribuiram 174 milhões de smartphones, aumento de 15% em relação aos 151 milhões de 2008. Os dispositivos representaram 15% de todos os celulares vendidos em 2009, número 12,7% superior a 2008, segundo a IDC.

A IDC acredita que o aumento na demanda por smartphones vai levar o mercado a atingir novos recordes em 2010, especialmente após as atualizações previstas para os sistemas Symbian e Windows Mobile.

Para todo o ano de 2009, a Nokia foi a empresa que mais entregou smartphones – 67,7 milhões – e representou 39% do mercado durante o ano. A RIM, com 34,5 milhões, ficou com 20% do mercado. A Apple ficou como a terceira fabricante, com 14%, com mais 25 milhões de iPhones entregues.

A Motorola voltou a figurar entre as cinco principais fabricantes do mercado após mais de um ano de ausência. A empresa ficou com a quarta maior parcela no período.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail