Home > Notícias

Vendas de netbooks em 2009 dobraram em relação a 2008

Mesmo com crise financeira, número de ultraportáteis vendidos pula de 16,4 milhões em 2008 para 33,3 milhões em 2009, informa consultoria DisplaySearch

IDG News Service/EUA

23/12/2009 às 10h31

Foto:

As vendas de notebooks ultraportáteis, também conhecidos como netbooks, em todo mundo deverão crescer 103% em 2009 na comparação com o ano passado, segundo pesquisa da consultoria DisplaySearch divulgada na terça-feira (22/12).

As vendas globais de netbooks atingirão 33,3 milhões de unidades, mais que o dobro das 16,4 milhões vendidas em 2008. Em 2010, o ritmo de crescimento deve cair, com vendas atingindo 39,7 milhões de unidades, aumento de 19% em relação ao atual ano.

Segundo a consultoria, a desaceleração no ritmo de crescimento tem relação com a provável queda nos preços de laptops que fabricantes deverão promover em 2010.

Netbooks são atraentes pela portabilidade e pelo preço menor que os tornam boas opções para quem vai comprar um computador pela primeira vez, afirmou o diretor de pesquisas sobre mercado de notebooks, John Jacobs.

Os netbooks poderão ser ameaçados nos próximos anos pela ascensão de uma nova classe de notebooks, mais finos, com telas de até 12 polegadas e com preços menores, afirma Jacobs.

Durante o terceiro trimestre de 2009, a Acer aparece como líder no setor, com participação de 21,4%, perdendo mercado para a HP, que atingiu 16% e vem crescendo, afirma ele.

A Asustek aparece na terceira posição com 14,8% e vem perdendo mercado para Samsung, Dell e Lenovo no decorrer do ano, segundo o estudo.

O total de computadores portáteis vendidos no mundo - incluindo netbooks e laptops - deve atingir 169,6 milhões de unidades, crescimento de 16% comparado a 2008.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail