Home > Notícias

Venda do iPad 2 na China termina em pancadaria

Clientes que tentaram furar a fila entraram em confronto com funcionários e seguranças de revendas da Apple no país

Macworld/Reino Unido e EUA

09/05/2011 às 15h53

Foto:

Lojas da Apple em Pequim, na China, foram palco de brigas entre funcionários de revendas da Apple e consumidores, que tentavam comprar o iPhone 4 e o iPad 2, lançados nos dias 28/4 e 6/5, respectivamente.

O site MyChinaViews informou que um dia após o lançamento da segunda geração do tablet da Apple, a Sanlitun, revendendora da companhia norte-americana, foi forçada a fechar as portas temporariamente no sábado (7/5) depois de um conflito violento entre os chamados cambistas e funcionários da loja. Esses cambistas compram o iPad 2 e revendem o aparelho por um preço maior em regiões nas  quais o tablet está indisponível ou ainda não chegou.

Entretanto,  de acordo com informações da agência EFE, a confusão teria começado por causa de pessoas que tentaram furar a fila, deixando duas pessoas feridas. A agência afirma que  um homem “estrangeiro, com uniforme da Apple teria usado um pedaço de pau e punhos”, para agredir aqueles que tentavam tomar lugar de outros clientes na fila, o que teria quebrado uma das portas de vidro da loja.

chinaipadpancadaria.jpg
Compradores chineses forçaram entrada e feriram um funcionário da loja

 
A Apple afirmou em nota que a loja teve que permanecer fechada para proteger funcionários e clientes, e impedir que o grupo que estava causando o tumulto entrasse. “A segurança de nossos colaboradores e clientes é nossa maior prioridade”, afirmou a companhia. Outro incidente, desta vez envolvendo a venda do iPhone 4 branco, lançado há pouco tempo no país, teria sido o estopim para os conflitos deste sábado.

De acordo com informações de uma testemunha, um homem que teria tentado furar a fila três vezes foi dominado pelos seguranças da loja e levado para fora, o que teria motivado os funcionários a fecharem as portas.

Um grupo de pessoas, então, ficou irritado e começou a forçar a entrada pela porta de vidro, que acabou quebrando, ferindo um funcionário da loja. Nesta segunda-feira (9/5), porém, o clima foi mais tranquilo, com um número reduzido de pessoas na fila e a porta da loja devidamente reparada.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail