Home > Notícias

Versão Premier do Google Apps passa a ter garantia de serviço

Companhia garante disponibilidade de 99,9% dos aplicativos e compensação caso serviço fique parado mais de 45 minutos no mês.

IDG News Service/Reino Unido

31/10/2008 às 12h12

Foto:

O Google está oferecendo um acordo de nível de serviço para sua versão do Google Apps na Inglaterra, um movimento que pode prover algum conforto para companhias assustadas com problemas no portal da aplicação no início deste mês.

A Premier Edition dos aplicativos online e colaborativos terá garantia de 99,9% de disponibilidade por mês, que se aplica ao Gmail, calendário, documentos, sites e serviços do Google Talk.

Para isso, o Google promete uma compensação caso o período fora do ar exceder os 45 minutos por mês – mas não entrará na soma os períodos de serviço fora do ar por menos de dez minutos. As condições de SLA definem uma queda de serviço quando a taxa de erro do usuário excede 5%, medido no servidor. Isso significa que os clientes poderiam ficar 45 minutos, ou mais, sem sistema sem qualquer compensação.

Também não haverá compensação caso a queda do sistema resulte de manutenções programadas, para as quais o Google envia avisos com cinco dias de antecedência. As paradas programadas não excederão doze horas por ano, disse o Google.

Caso a organização não atinja essas marcas, oferecerá créditos de serviço como pagamento. Para 99% de serviço no ar, o Google dará três dias a mais de serviço ao final do contrato. ; de 95 a 99%, sete dias e para menos de 95%, quinze dias. O acordo diz que os créditos de serviço não podem ser trocados por dinheiro.

O SLA pode dar aos clientes do Apps um pouco mais de confiança no Google, que passou por diversos problemas com a disponibilidade de seus serviços este mês.

A página inicial do Google Apps continha erros enquanto a companhia aparentemente atualizava o layout e outras funções. Os administradores reclamaram que preferiam ser avisados antes de o Google iniciar mudanças.

Alguns clientes dos aplicativos do Google não conseguiram acessar o Gmail por 30 horas depois de uma queda este mês. A organização também oferece uma garantia de serviço disponível em 99.9% do tempo para o Gmail, para usuários do Google Apps Premier. Nos fóruns de usuários, administradores de sistemas reclamaram que executivos de suas companhias – inclusos CEOs – não conseguiam acessar o e-mail.

Com seus aplicativos, o Google está tentando sugar clientes para longe de softwares baseados em desktops de companhias como a Microsoft. Enquanto softwares hospedados requerem menos manutenção e permite atualizações mais simples, também deixa os especialistas de TI internos com poucas opções quando as coisas não dão muito certo.

A assessoria de imprensa do Google não soube dizer se essas garantias aplicam-se ao serviços no Brasil ou se há expectativa de que chegue ao País.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail