Viasat inicia testes de Wi-Fi Comunitário em São Paulo

Empresa pretende expandir o serviço para a região Nordeste do Brasil até o final do ano

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/viasat-inicia-testes-de-wi-fi-comunitario-em-sao-paulo/
Clique para copiar

A empresa de comunicação Viasat anunciou que, nesta quarta-feira (10), começará a testar seu programa de Wi-Fi Comunitário no Brasil. Até então, apenas o México havia recebido o serviço, que, desde 2018, possibilitou a conexão de 1,5 milhões de mexicanos que antes viviam com pouco ou nenhum acesso à internet.

A iniciativa visa fornecer conectividade acessível com velocidade de até 25 Mbps, em banda larga via satélite, para pessoas que se encontram em lugares sem serviço ou com serviço deficitário. Inicialmente, os testes serão feitos em vinte comunidades do estado de São Paulo – mais precisamente no interior – e, nessa fase, o Wi-Fi deve ser disponibilizado gratuitamente.

“Milhões de brasileiros têm pouca ou nenhuma oportunidade de acessar internet de qualidade, ou por falta de infraestrutura terrestre ou porque o serviço de internet oferecido em suas comunidades é muito caro”, afirma Kevin Cohen, gerente geral de Wi-Fi Comunitário da Viasat. Para preencher as lacunas entre demanda, custo e disponibilidade, os hotspots podem ser implementados em poucas horas e com baixo investimento em infraestrutura local, portanto, o resultado é um bom custo-benefício para lugares onde existe a carência de viabilidade. “Estamos oferecendo um meio para os brasileiros se conectarem à internet a preços acessíveis”, enfatiza Cohen.

As instalações são tipicamente feitas em parceria com pequenos comerciantes que se localizam no centro das comunidades, como padarias e pequenos mercados. "Estamos plenamente comprometidos a ajudar o Brasil a fechar sua lacuna digital ao conectar milhões de pessoas no país à internet de alta qualidade, independentemente de onde estiverem. Queremos que todos tenham acesso aos mesmos conhecimentos e oportunidades para ter voz e participar ativamente da comunidade global”, explica Lisa Scalpone, vice-presidente da Viasat do Brasil.

O serviço usará o satélite SGDC-1 da Telebras, que opera na banda de espectro de 18/28 GHz. A Viasat já havia firmado acordo com a estatal para utilização comercial do satélite em produtos de internet residencial, comercial e conectividade a bordo. Além disso, a parceria também atende escolas públicas, unidades de saúde, entre outros serviços públicos.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site