Vivo vendeu quase 2 mil torres de celular

Transação movimentou R$ 641 milhões

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/vivo-vende-quase-2-mil-torres-de-celular/
Clique para copiar

A Vivo anunciou, na última quinta-feira (28), a venda de 1.909 torres de telefone para a Telxius, empresa de infraestrutura de rede que gerencia torres para antenas de celular e que é controlada indiretamente pela espanhola Telefónica, que deu origem à Telefônica Brasila, dona da Vivo. Apesar da movimentação de R$ 641 milhões, a transação ainda depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Mais de 80% das torres adquiridas estão posicionadas em localizadas em áreas urbanas, mais da metade divididas entre as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. A Telxius já comprou mais de 3 mil torres em 2019 e, no total, conta com um parque de 20 mil torres em seis países. is países.

A venda funciona como uma iniciativa para otimizar a alocação de capital e gerar mais valor aos acionistas. Além disso, estão envolvidos contratos de locação de terrenos e compartilhamento de torres, bem como a promessa de que a prestação de serviço móvel continuará.

“A transação assegura ainda a continuidade da prestação do serviço móvel pessoal, na medida em que também compreende a locação de espaço nestas infraestruturas, e estabelece condições para a ampliação do espaço alugado”, comunicou a Telefônica Brasil.

A iniciativa faz parte do esforço da Telefónica para concentrar seus recursos no Reino Unido, Brasil, Alemanha e, claro, Espanha, países nos quais espera arrecadar R$ 2 bilhões até 2022. Antes de efetivar a transação, a Vivo agiu cautelosamente e utilizou negociações anteriores como parâmetro e, a partir de seu próprio plano de negócios, apresentou a grande rentabilidade que a transação surtirá para ambas as companhias.

Fonte: Minha Operadora

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site