Home > Notícias

Volume de informações digitais cresceu 61% em 2008, para 453 exabytes

Quantidade ficou 3% acima das previsões iniciais. Volume tende a dobrar a cada 18 meses, segundo estudo da IDC.

Redação do IDG Now!

18/05/2009 às 15h32

Foto:

O volume de informações digitais atingiu 453 exabytes, 61,2% a mais que a quantidade de dados digitais calculados em 2007 (281 exabytes), segundo o estudo “Universo Digital” divulgado nesta segunda-feira (18/05) pela empresa de armazenamento de dados EMC. Os números superam em 3% a previsão inicial.

De acordo com a pesquisa feita pela consultoria IDC, o volume de dados equivale a 237 bilhões de leitores Kindle, da Amazon, carregados, ou 2,5 milhões de Kindles de 2GB para cada lugar do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

A crise ajudou a elevar o volume de informações digitais criadas e transmitidas pela Internet, de redes telefônicas e de ondas aéreas, observa a IDC.

A pesquisa anual mostra que o volume de dados deverá dobrar de tamanho
a cada 18 meses. Em 2012, serão criadas cinco vezes mais informações
digitais do que em 2008.

O volume de informações geradas em 2008 equivale a:

  • 237 bilhões de leitores Kindle carregados
  • 4,8 quatrilhões de transações bancárias online
  • 3 quatrilhões de feeds do Twitter
  • 162 trilhões de fotos digitais
  • 30 bilhões de tocadores iPod Touch totalmente carregados
  • 19 bilhões de discos Blu-ray totalmente carregados

O estudo prevê que nos próximos quatro anos, mais 600 milhões de pessoas tenham acesso à internet de seus celulares e que as interações via e-mail, mensagens instantâneas e redes sociais, por exemplo, aumentem oito vezes.

Em 2012, a IDC prevê que 850 milhões de pessoas comprem e vendam produtos e serviços pela Internet. Nos próximos três anos, o comércio eletrônico deve dobrar tornando-se uma indústria de 13 trilhões de dólares, especialmente entre empresas (Business-to-Business), afirma a consultoria.

pcw_logo_twitter_73.jpg
> Siga PC WORLD no Twitter em http://twitter.com/pcworldbrasil

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail