Home > Notícias

Wal-Mart derruba preço de iPhone 5s e 5c para US$ 99 e US$ 29 nos EUA

Preços são para compra com contrato de dois anos com operadora e valem só para lojas físicas. Empresa pode estar liberando estoque para o 'iPhone 6'

Gregg Keiser - Computerworld EUA

29/06/2014 às 21h33

iphone5scasecouro 435.jpg
Foto:

A rede de lojas Wal-Mart reduziu drasticamente, desde sexta-feira (27/06), os preço dos iPhone 5S e iPhone 5C da  Apple para, respectivamente, US$ 99 e US$ 29, associados à compra com um plano de dois anos de serviço com operadora nos EUA. A oferta só vale para as lojas físicas e para aparelhos com 16 GB.

Com esse corte, o iPhone 5S nas lojas Wal-Mart passa a custar 50% menos que o preço de lista da própria Apple e o iPhone 5C fica 71% mais barato que na Apple. O Wal-Mart também cortou o preço nas lojas para os modelos de 32GB dos iPhone 5S e 5C para US$ 199 e US$ 129, respectivamente.

wal-mart iphone

Chegada do iPhone 6

Uma explicação para o movimento de derrubada de preços pode ser a eventual chegada, em setembro, do "iPhone 6". Nos últimos dois anos, a Apple tem lançado novos iPhones no final do terceiro trimestre e os dados mostram que a expectativa dos consumidores por novidades derruba a venda de aparelhos: em 2013, as vendas de iPhones caíram 17% no segundo trimestre do ano, comparadas com primeiro trimestre. E em 2012 a queda foi de 28% no mesmo período

Muitos analistas acreditam que a Apple vá repetir este ano seu cronograma de lançamentos com novos smartphones e o Wal-Mart poderia estar liberando estoque para receber os novos modelos e possivelmente esquentar as vendas para evitar encalhe.

Ou, simplesmente, tentando atrair mais clientes para as lojas físicas, já que os aparelhos não podem ser comprados online por esse preço. Uma porta-voz do Wal-Mart declarou, sobre o assunto, que "estamos apenas oferecendo aos nossos consumidores o melhor preço para a tecnologia que eles estão procurando".

Queima de estoque

A Apple também percebe as viradas de humor do consumo. A empresa admitiu anteriormente que a especulação em torno dos novos recursos do próximo iPhone cria ansiedade no consumidor e faz com que ele adie sua compra até que o mais novo modelo chegue ao varejo. "Lemos os mesmos rumores e especulações que vocês sobre um novo iPhone e acreditamos que isso interrompe a decisão de compra dos consumidores", afirmou o então CFO da Apple, em 2012, durante uma conferência com analistas de mercado sobre os resultados financeiros da companhia no segundo trimestre.

Portanto, é válido imaginar que o Wal-Mart, talvez com a benção da própria Apple (ou pelo menos sem sua reprovação) tenha cortado os preços para subir as vendas nas semanas que precedem o lançamento do que pode ser o iPhone 6. Se a Apple mantiver um cronograma igual ao de 2013, é lícito esperar o lançamento de novos iPhones perto de 9 de setembro e início das vendas por volta de 19 de setembro. Portanto, dentro de pouco mais de dez semanas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail