Home > Notícias

Windows 7 terá apenas um Release Candidate antes de lançamento

VP de engenharia afirma que próximo passo para desenvolvimento do sucessor do Vista é a divulgação pública do RC1.

Redação do Computerworld / EUA

30/01/2009 às 19h37

Foto:

A Microsoft confirmou na última sexta-feira (30/01) que tomará o caminho não usual de ir direto do primeiro beta para a versão Release Candidate (RC) do Windows 7, próxima versão do popular sistema operacional.

Entretanto, o vice-presidente sênior do grupo de engenharia do Windows, Steven Sinofsky, se negou a estipular um prazo para o resto do desenvolvimento do Windows 7. "Esta não é a maneira de anunciar a data de lançamento ou mudanças de planos ou em processos já descritos anteriormente", afirmou ele em um longo post no blog da divisão.

Tudo sobre o Windows 7: 
> 10 dicas sobre o beta do Windows 7
> Confira o preview do Windows 7
> Windows 7 vaza na internet
> Os 5 pilares do Windows 7
> 8 questões sobre o Windows 7
> Fotos: veja os novos recursos do Windows 7
> Bill Gates mostra Touch Wall
> A evolução do multi-touch

Ainda que a Microsoft já tivesse adiantado que possivelmente pularia o segundo beta direto para o release candidate, Sinofsky confirmou e detalhou o plano, sugerindo que, assim como não haverá um beta 2, a Microsoft também não divulgará um RC2.

"Nesta etapa,  seremos muito seletivos sobre quais mudanças serão feitas entre a versão RC e o produto final, e vamos comunicá-las claramente a todos. Agiremos nas questões mais críticas", afirmou.

"O ponto do Release Candidate é que todos estejam prontos para o lançamento e que existe tempo entre o RC e a divulgação para fabricantes de micros e integradores".

A Microsoft geralmente faz com que seus novos sistemas operacionais passem por múltiplos betas e release candidates. Para o Windows Vista, por exemplo, foram dois betas e dois release candidates durante seu desenvolvimento.

A companhia já demonstrou claramente que está acelerando o processo de desenvolvimento de seu sistema. O CEO da Microsoft, Steve Ballmer, prometeu no começo de 2007 que não demoraria de novo 5 anos (tempo entre o Windows XP e o Vista) para que uma nova versão chegasse às prateleiras.

Tal qual o beta, a versão RC será oferecida para o público, indicou Sinofsky. "Esperamos, baseados em nossa experiência com o beta, que um grande número de usuários esteja interessado em testar o sistema".

Como é prática sua, a Microsoft não oferecerá a versão final - chamada de RTM, sigla em inglês para "lançamento para fabricantes" - imediatamente após o anúncio de que o software está pronto.

O atraso, explica o executivo, é para dar aos fabricantes a oportunidade de instalar o novo sistema em seus micros e que as máquinas cheguem em tempo nas lojas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail