Home > Notícias

Windows XP SP2 deixará saudades, dizem experts de segurança

Especialistas em segurança comentam o fim do suporte ao Windows XP SP2, e lembram das melhorias trazidas pelo service pack.

IDG News Service

14/07/2010 às 9h05

Foto:

A Microsoft encerrou ontem (13/07) o suporte ao Windows XP Service Pack 2 (SP2). A companhia recomenda que os usuários instalem o XP SP3 ou atualizem para um sistema operacional mais novo, como o Vista ou Windows 7.

O encerramento dos serviços ao XP SP2 motivou especialistas em segurança a comentar e lembrar aquele que é considerado por muitos o melhor pacote de atualização dos últimos anos. 

"O SP2 foi uma grande, grande correção de rumo da Microsoft, principalmente, porque foi a primeira vez que foi possível gerenciar o Windows de maneira segura", comentou o analista da área de segurança da Gartner Research, John Pescatore. 

"Todos os service pack depois dele foram apenas uma limpeza. Mesmo o Windows 7 SP1, lançado recentemente em versão beta, é apenas um outro SP", declarou o CTO da Qualys, Wolfgang Kandek, uma companhia norte-americana de gestão de risco de segurança e conformidade.

Quando foi lançado em agosto de 2004, XP SP2 foi caracterizado por quase todos os especialistas como uma mudança no modelo tradicional atualizações, simplesmente por não representar apenas uma coleção de patches e hotfixes, mas por incluir novas funcionalidades, principalmente para a área de segurança.

"Foi o primeiro pacote em que a empresa apresentou não apenas correções, mas também melhorias significativas. Infelizmente, qualquer outro service pack recente não é tão vantajoso", analisou Pescatore. 

O XP SP2 recebeu elogios pela implantação do primeiro firewall padrão no Windows, um painel de status de segurança, e a primeira tentativa de bloquear ataques usando DEP (Data Execution Prevention), além de ser o primeiro sistema operacional após a Microsoft declarar que reforçaria a segurança do Windows, em reação aos ataques maciços por worms de rede, especialmente ao SQL Slammer, em 2003.

O gerente da equipe de dados e segurança da Shavlik Technologies, Jason Miller, também concordou. 

"Foi a primeira vez que você tem um firewall embutido no Windows de verdade. Antes disso, os firewalls sempre foram considerados estritamente uma defesa de perímetro. Naquela época, você seria um geek se tivesse um firewall em sua máquina", disse ele.

Para o diretor diretor de pesquisa de vulnerabilidades da Qualys, Richie Lai,  existe uma conexão direta entre o XP SP2 e a diminuição dos ataques a redes com o SQL Slammer, e o consequente aumento direcionamento contra os softwares de desktop, como Microsoft Office, ou programas de terceiros, como o Adobe Reader.

"É um fim de uma era. Foi definitivamente uma grande melhora na área de segurança, e acho que o legado tem sido bem sucedido", disse o diretor de segurança, de investigação e desenvolvimento para a nCircle, Oliver Lavery. 

O gerente geral da Microsoft Security Response Center (MSRC), Jerry Bryant, recomendou que todos os consumidores que ainda utilizam o XP SP2 devem atualizá-lo para um sistema mais recente.

"Os clientes que ainda não tenham migraram do [SP2] estão sendo encorajados a atualizá-lo imediatamente, tanto para o Service Pack 3 ou para uma versão mais nova, como Windows 7",  finalizou Bryant.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail