Home > Notícias

WWDC: negócios gerados no evento?

O que a conferência da Apple pode trazer de retorno para um desenvolvedor brasileiro

Breno Masi, FingerTips

15/06/2009 às 16h13

Foto:

Os fãs ou simplesmente interessados na plataforma Apple me perguntam muito sobre os negócios realizados nos bastidores da WWDC, evento da Apple realizado em São Francisco na semana passada. Se há algo de muito grande sussurrado durante o evento, que poderá alterar os rumos do mercado no decorrer do ano.

Sinto desapontar as mentes mais fantasiosas, mas depois de nossa experiência por aqui, entendemos a WWDC como um evento muito focado no anúncio dos lançamentos mais importantes do ano e em um superintensivo programa de integração entre a Apple e desenvolvedores que dedicam, muitas vezes, toda sua carreira à plataforma e, consequentemente, à sua propagação pelo mundo.

Conseguimos, por exemplo, através desse contato próximo com a equipe da Apple, entender como resolver melhor algumas questões técnicas, o que nos valerá vantagens competitivas como desenvolvedores em agilidade e qualidade de nossos produtos. Sob esse ponto de vista, estar na WWDC é um investimento com retorno garantido.

É claro que negócios são realizados também, mas não na grande proporção que alguns possam imaginar. Os que são engendrados durante o evento, pelo que pude observar e vivenciar, têm mais a ver, em função inclusive do ambiente que se cria ali, com diferentes formatos de parceria e menos com acordos de representação ou aquisições, por exemplo.

Breno Masi é diretor de Produtos da empresa FingerTips (provedora de soluções para iPhone).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail