Home > Notícias

Xperia X1: concorrente caro do iPhone sai no fim do mês

Aparelho será vendido desbloqueado por 800 dólares nos Estados Unidos. No Brasil, dispositivo deve chegar às lojas no começo de 2009.

IDG News Service/EUA

13/11/2008 às 9h50

Foto:

O celular Xperia X1 da Sony Ericsson começa a ser vendido nos Estados Unidos no fim de novembro, após o feriado local de Ação de Graças. O aparelho, em uma versão desbloqueada para uso em qualquer operadora, vai custar cerca de 800 dólares.

Em contrapartida, o iPhone 3G, vendido com exclusividade pela operadora AT&T, custa a partir de 199 dólares (modelo de 8 GB) nos EUA. O X1 tem previsão de chegar ao mercado brasileiro a partir de janeiro de 2009.

O celular que roda Windows Mobile tem alto preço por ser desbloqueado o que, em teoria, dá maior liberdade aos compradores para usar na operadora que quiserem, sem precisar de um contrato.

Só que, neste caso, os compradores norte-americanos não terão muita escolha além da AT&T. Nos EUA, apenas a AT&T e a T-Mobile têm redes GSM, só que o X1 usa frequências 3G que só funcionam na rede da AT&T. O celular pode até funcionar na rede de dados da T-Mobile, mas com menor velocidade de acesso.

Em comparação, o iPhone 3G na AT&T é atrelado a um contrato de dois anos, por isso custa menos.

A Nokia tenta vender aparelhos desbloqueados nos EUA e, com isso, perdeu grande fatia de mercado. Agora, a fabricante finlandesa começa a negociar com as operadoras, de acordo com o analista Avi Greengart, da Current Analysis.

A Sony Ericsson pode estar negociando com a AT&T para vender o Xperia com algum subsídio, mas não quer perder a temporada de compras do fim do ano. "Historicamente, a AT&T banca produtos depois que eles chegam ao mercado", disse o analista.  A operadora não comentou se avalia a venda do Xperia e disse que não informa planos para novos produtos.

A T-Mobile informou que "não se importa em vender o telefone" da Sony Ericsson. Segundo Greengart, o telefone até pode ter uma versão para funcionar melhor na rede 3G da T-Mobile. "Mas essa decisão de evitar o produto indica que ela não deve vender o aparelho", disse.

O Xperia já recebeu boas avaliações da imprensa especializada e deve ser mais atraente a usuários corporativos, já que roda Windows Mobile. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail