Home > Notícias

Yahoo cancela reunião do Conselho

Encontro, que aconteceria no começo de julho, foi adiado para o final do mês.

IDG News Service/EUA

23/05/2008 às 10h23

Foto:

Enfrentando uma batalha em seu Conselho, o Yahoo adiou seu encontro anual, no qual elegeria novos membros, para o final de julho e anunciou a renúncia de um conselheiro.

O encontro anual do Conselho estava agendado para 3 de julho. O Yahoo não divulgou nenhuma data para a nova reunião, mas disse que ela acontecerá no final de julho.

O bilionário investidor Carl Icahn está pressionando o Yahoo para aceitar oferta da Microsoft e está comprando ações para tentar substituir os 10 conselheiros.

Mais sobre Microsoft e Yahoo:
>Linha do tempo das negociações
>Microsoft desiste da compra do Yahoo
>Yahoo costura acordo com Google
>Análise: o que será de ambas agora?
>Yang: negócio fez Yahoo "mais forte"
>Cobertura completa do negócio

O adiamento da reunião do Conselho indica que o Yahoo precisa de mais tempo para fazer um acordo com a Microsoft, disse Karsten Weide, analista da IDC, que acredita que no final a Microsoft vai acabar comprando o Yahoo.

Além do adiamento da reunião do Conselho, o Yahoo informou que Edward Kozel renunciou.

Em uma nota para a SEC, que regula o mercado de empresas com ações nos Estados Unidos, o Yahoo disse que Kozel deixaria o Conselho em fevereiro, mas que havia decidido permanecer por mais tempo em razão da proposta de aquisição da Microsoft.

Com a renúncia do Kozel, o Yahoo reduziu o tamanho do Conselho para nove diretores.
++++
Na visão do analista da IDC, a renúncia de Kozel pode ser um indício de que há um dissidente no Conselho do Yahoo, que queria o acordo com a empresa de Bill Gates.

A Microsoft anunciou uma oferta de 44,6 bilhões de dólares, em ações e dinheiro, para comprar o Yahoo em fevereiro, mas abandonou a oferta três meses depois, após o Yahoo recusar o acordo.

O interesse da Microsoft no Yahoo é melhorar o seu desempenho na área de buscas e no bilionário mercado de publicidade na internet, cujo líder é o Google.

Depois de sair das negociações com o Yahoo, a Microsoft disse que voltou a negociar com a empresa. Dessa vez, o acordo não envolve aquisição completa, mas provavelmente alguma espécie de acordo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail