Home > Notícias

Yahoo demite mil e diz que enfrenta “vento contrário”

Ao anunciar queda no lucro do quarto trimestre, CEO e fundador da empresa, Jerry Yang, diz que enfrenta "vento contrário"

Por IDG News Service/EUA

30/01/2008 às 17h09

Foto:

O Yahoo anunciou que vai demitir mil funcionários a partir de meados de fevereiro, ao divulgar os resultados do quarto trimestre, que mostraram queda nos lucros da empresa.

Leia mais:

O CEO e fundador da companhia, Jerry Yang, afirmou que a empresa vai se focar em buscas e no negócio de publicidade para concorrer com o Google e disse que o Yahoo enfrenta um "vento contrário".

O faturamento do Yahoo, no trimestre que terminou em 31 de dezembro, foi de 1,832 bilhão, 8% a mais que o mesmo período do ano passado.

O lucro líquido foi de 206 milhões de dólares, queda de 23% em relação ao mesmo período do ano passado.

Mesmo admitindo que a empresa vai enfrentar um período turbulento em 2008, Yang disse que a companhia começa a colher os frutos das reestruturações anunciadas ao longo do ano passado.

Entre as principais prioridades do Yahoo estão o crescimento da audiência para se transformar na página de entrada preferida dos internautas e fazer com que os anunciantes vejam o portal como uma necessidade para anúncios online.

Para crescer a audiência, a empresa disse que vai continuar a investir em suas propriedades Web, como o My Yahoo, busca, Yahoo Mail e nas suas ofertas de mobilidade.

A companhia de internet espera faturar entre 1,6 bilhão e 1,8 bilhão de dólares no primeiro trimestre de 2008. No ano completo, a previsão de receitas é entre 7,2 bilhão de dólares e 8 bilhão de dólares.

Procurada pela redação do IDG Now!, a subsidiária brasileira do Yahoo informa que ainda não tem detalhes sobre o impacto das demissões no Brasil.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail