Home > Notícias

Yahoo detalha estratégia de integração aberta com serviços web

Com a iniciativa, empresa abre seus sites e aplicações para os desenvolvedores e dá ao usuário o controle de seu perfil social.

IDG News Service/EUA

10/05/2008 às 19h39

Foto:

codigo_busca_88.jpgAo anunciar recentemente sua estratégia de código aberto, Yahoo Open Strategy (Y OS), o Yahoo ofereceu uma visão, que se concretizada, poderia devolver o diferencial que a empresa perdeu há alguns anos.

Com o fim da investida da Microsoft, por meio da Y OS, o Yahoo pretende abrir todos os seus sites, serviços online e aplicações web para desenvolvedores, e dar aos usuários um ambiente de controle de seu "perfil social" em todos os serviços do Yahoo.

O plano ambicioso foi desenvolvido para permitir que o Yahoo melhores radicalmente sua participação em áreas estratégicas como buscas e redes sociais, agitando a competição com empresas como Google, MySpace e Facebook.

Nesta entrevista ao IDG News Service, Neal Sample, Chief Platform Architect do Yahoo, dá mais detalhes sobre a Y OS, um projeto que nasceu no começo do ano passado e foi lançado internamente em setembro.

IDGNS: A Y OS engatilhou uma reavaliação ampla nas iniciativas existentes do Yahoo?
Sample: Ao formular esta estratégia tivemos bastante apoio dos produtos [como Yahoo Mail, Messenger e Flickr]. Falamos sobre o que queríamos fazer e como queríamos criar um novo Yahoo, com o envolvimento de todos.

Nos próximos meses, os produtos irão refletir em elementos da estratégia Y OS. O primeiro desenvolvimento ocorrerá em buscas [por meio do projeto Search Monkey]. Nós pegamos uma de nossas maiores e mais importantes plataformas, e na qual estão os requerimentos de perfomance mais severos, e começamos a abri-la aos desenvolvedores.
++++
O impulso para a realização da Y OS teria sido a concentração de usuários em redes sociais como MySpace e Facebook, por conta de elementos que eles não encontravam no Yahoo?
O Yahoo era bastante homogêneo no início, mas cresceu muito rápido em 14 anos e se dividiu em muitos segmentos, tanto organicamente como por meio de aquisições. Nós somos o número um em sete diferentes verticais e competimos em muitas outras. Assim, os usuários vêm ao Yahoo buscando a utilidade [de nossos serviços e aplicações]. Agora vem o próximo passo lógico com a Y OS. Aprendemos com a concorrência que as redes sociais formam uma importante dimensão, independente se elas são, ou não, tratadas como um destino [site].

A nossa proposta é bem diferente da de nossos concorrentes [em redes sociais], que estão se esforçando para achar uma utilidade na área de aplicações - como e-mail, comunicador instantâneo, serviços de finanças, notícias ou esportes - e criar este tipo de âncora de produtos sobre suas redes sociais.

Nós já temos a fundação: serviços e aplicações bem consistentes. A próxima evolução é adicionar o 'social' ao topo das ferramentas, invés de seguir o caminho contrário. Quando você tem em mente todos os bens que o Yahoo possui, é engraçado ver nossos concorrentes [em redes sociais], em algum nível, tentando descobrir e criar isso.

Trabalhando de forma verdadeiramente aberta, temos duas oportunidades que outras redes não estão necessariamente oferecendo. A primeira é levar o Yahoo para fora da rede por meio de APIs (Application Programming Interfaces), então você pode ter acesso às conexões e experiências do Yahoo para incrementar estas outras redes sociais. Outra possibilidade é trazer as redes sociais para dentro do Yahoo. Se as melhores aplicações feitas por desenvolvedores elevarem nosso nível de competitividade e alavancarem as conexões, os dados e as experiências deles para nós - porque é isso que nossos usuários querem - então estamos abertos a essa possibilidade também.

Você poderia explicar o conceito de 'perfil social' no contexto da Y OS?
Quando se trata do mecanismo de fundo, isso é fundamental para a Y OS: a unificação do perfil. É pegar os dados do usuário e torná-los disponíveis para ele de forma centralizada, por meio de toda a rede.
++++
O Yahoo tem uma série de perfis [de usuários] diferentes em serviços como Kickstart, Yahoo 360, Mash e similares. O vice-presidente executivo da Divisão de Redes do Yahoo, Jeff Weiner, disse recentemente que o Yahoo tem 25 perfis diferentes com os quais ele vem tentando trabalhar. Se ele é o chefe da área e vê isso como um desafio, imagine como isso se parece para o usuário.

Parte de nossa estratégia é regularizar estes perfis e concentrá-los em um só lugar, reduzindo a confusão do usuário. Vamos fazer um único painel para que ele atualize suas informações, saindo de 25 Yahoos diferentes com 25 perfis para um único Yahoo e somente um perfil.

Como as APIs e as ferramentas de desenvolvimento serão uniformizadas?
Nós demos os primeiros passos relançando nosso site da rede de desenvolvimento YDN há algumas semanas. Além disso, há uma iniciativa em torno da Y OS para regularizar serviços web e dar aos desenvolvedores apenas um ponto de acesso. Ele vai usar sua identificação ou credencial de desenvolvedor para ter acesso às APIs do Yahoo de forma unificada.

Assim como os diferentes perfis, havia uma série de diferentes visões do que era o Yahoo para os desenvolvedores. A Y OS está criando um padrão de serviço web para nossas APIs, fazendo com que os desenvolvedores possam estudar o Yahoo em um único lugar, de uma única forma e se aprimorar com qualquer API, e não ter de estudar cada uma separadamente.

Parece que há um componente significativo de portabilidade de dados na Y OS.
Sim. Essa é nossa terceira fase, que consiste em abrir o Yahoo em qualquer lugar. Isso envolve permitir que os usuários controlem seus dados com total transparência. A informação é essencialmente deles e pode ser usada da forma como eles quiserem.

Como tem andado o projeto Search Monkey?
Ele está disponível em um estágio beta de desenvolvimento limitado, como anunciamos recentemente, e nas próximas semanas estará na fase aberta de desenvolvimento.
++++
Por exemplo, invés de visualizar um link da Wikipedia ou um fragmento, você pode voltar à Wikipedia e exibir uma foto, acessar um contexto maior sobre um artigo e talvez até apresentar alguns dos links externos ou a história editada, o que for mais interessante. Inicialmente isso envolverá URLs, mas posteriormente estamos falando um pouco de web semântica.

Outros tipos de combinações entre aplicações podem ser ativados por palavras-chave. Eu posso instalar aplicações do Search Monkey que busquem resultados com a palavra "viagem" como parte da resposta, e podem adicionar informações de destinos pela web criando um pacote de viagens, por exemplo.

Isso parece útil para os internautas, mas como você chega a um balanço entre resultados de buscas mais consistentes e a preocupação de empresas de internet em espantar o interesse dos usuários que temem o aumento da exposição de suas informações na rede?
Atingir esse balanço é uma grande prioridade. E tem sido uma prioridade ainda maior considerando o impacto na geração de receita com publicidade. Mas nós decidimos colocar a qualidade da busca acima de qualquer outra consideração. Se os usuários têm acesso às informações que mais lhe interessam o mais rápido possível, então todo mundo sai ganhando.

Ainda assim, existe um debate em toda a indústria sobre 'o momento em que o resultado da busca vai cruzar a linha do uso correto do conteúdo de terceiros.'
Essa é uma questão interessante, e o Search Monkey vai permitir que avaliemos o impacto destas mudanças para o usuário. Isso é revolucionário, não evolutivo, para a busca: a capacidade de um usuário instalar uma aplicação que 'remixe' resultados fazendo com que a busca deixe de ser uma experiência programada estática e passe a permitir que ele inclua todas as fontes de informações disponíveis. Conforme aprendemos mais a respeito e os usuários nos dão retorno, chegamos a um período de descobertas.

O que vai acontecer com suas redes sociais já existentes, como Yahoo 360 e Mash?
Nós acreditamos na comunidade 360. Ela é vibrante e próspera. Os usuários, mesmo sabendo que a 360 está partindo, continuam ligados porque investiram tempo e criaram perfis ricos e se conectaram a muitas pessoas diferentes. Nós vamos preservar seus investimentos [em tempo e esforço]. Vamos migrar seus perfis e suas conexões para o novo produto. O mesmo vai ocorrer com a Mash.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail