Home > Notícias

Yahoo: DOJ tinha planos de barrar acordo em publicidade com o Google

De acordo com o Yahoo, Justiça dos EUA ia impedir que parceria com o mecanismo de buscas fosse concretizada.

IDG News Service/EUA

05/11/2008 às 17h01

Foto:

O Departamento de Justiça dos EUA (DOJ) estava planejando barrar o acordo publicitário entre o Google e o Yahoo, disse hoje o portal de internet. Segundo o próprio Yahoo, esse foi o principal motivo da desistência do Google em levar o acordo adiante.

Em um comunicado, o Yahoo disse estar desapontado com a decisão do Google de recuar no acordo. "Continuamos a acreditar nos benefícios de um acordo e é desapontador que o Google tenha decidido se retirar da parceria, em vez de defendê-la nos tribunais", disse a empresa. "O Google notificou o Yahoo sobre a decisão e alegou que, provavelmente, o DOJ bloquearia o acordo", informou. A empresa pretendia alterar o acordo para obter a aprovação da Justiça norte-americana.

O fracasso da parceria é especialmente ruim para o Yahoo, que está executando um plano de redução de custos de 400 milhões de dólares. Caso fosse levado adiante, o acordo renderia 800 milhões de dólares ao longo dos próximos quatro anos.

David Drummond, vice-presidente sênior do Google e diretor de assuntos jurídicos do mecanismo de buscas, disse que levar o acordo adiante seria prejudicial para a companhia. A empresa também disse estar desapontada com o fim do acordo, mas considera que entrar em uma batalha judicial seria desgastante e tiraria o foco do Google da inovação.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail