Home > Notícias

YouTube sofre processo na Itália

Mediaset Group quer US$ 780 milhões por exibição de ilegal de clipes.

IDG News Service/EUA

31/07/2008 às 8h57

Foto:

O conglomerado de mídia da Itália Mediaset Group está processando o YouTube por 780 milhões de dólares, alegando que o site do Google hospeda ilegalmente centenas de clipes que pertencem à Mediaset.

A ação, iniciada em uma corte civil em Roma, nomeia tanto o YouTube como o Google. O Mediaset opera estações de televisão na Itália e Espanha e produz filmes e shows de TV. Seu vice-presidente, Pier Silvio Berlusocni, é filho do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi.

A companhia alega que, até 10 de junho, existiam 4.643 clipes no YouTube, totalizando mais de 325 horas de material, que pertencem à Mediaset. A empresa acredita que, como resultado, suas três estações de TV perderam um total de 315.672 dias de audiência. A indenização pedida não inclui a perda em receitas de publicidade de séries

O YouTube já está lutando contra uma ação avaliada em um bilhão de dólares da gigante de mídia norte-americana Viacom, que tem alegações semelhante de que seu conteúdo está sendo oferecido no YouTube sem permissão.

¨Processos como este ameaçam a maneira legítima como usuários trocam informações, notícias, entretenimento e expressões políticas e culturais pela internet¨, afirmou o YouTube.

¨O YouTube respeita os detentores de copyright e leva questões do tipo muito a sério. Proibimos usuários de publicar material protegido por direitos autorais e cooperamos com seus responsáveis para identificar e remover o conteúdo assim que somos oficialmente notificados¨

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail