Home > Notícias

YouTube tem mais volume, mas Hulu segura usuário por mais tempo

Diferença se dá porque maior parte dos vídeos no YouTube têm curta duração mostra relatório da comScore.

Redação do IDG Now!

09/02/2010 às 11h56

Foto:

Apesar de contabilizar cerca de 40% de todos os vídeos vistos na internet, o YouTube representa apenas 26% dos minutos gastos com vídeos online, informa a consultoria especializada em métricas da web, comScore.

A explicação é simples. O YouTube possuí vídeos curtos colocados por usuários, logo, não exige tanto tempo no site quanto o segundo colocado, o Hulu, que possui episódios completos de séries exibidas por emissoras como a Fox.

O estudo da comScore mostrou que 52% do tempo gasto vendo vídeos pela web foi distribuído entre sites que não aparecem entre os 25 mais assistidos. Do Hulu, o segundo mais acessado, ao 25º serviço mais popular de vídeos, a parcela é de 22%.

De dezembro de 2008 até dezembro de 2009, o total de vídeos assistidos pela web mais do que dobrou, saltando de 14 bilhões para 33 bilhões, segundo a comScore.

O Hulu cresceu 140% no ano passado, em relação a 2008. O desempenho do serviço já vem se destacando há um tempo. Em dezembro, o site ultrapassou a marca de 1 bilhão de vídeos vistos em um mês pela primeira vez desde sua criação, em março de 2007. O total de minutos de vídeos exibidos no site durante o mês foi de 5,8 bilhões.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail