Home > Notícias

ZTE e Vivo anunciam smartphone Android

X850 tem tela de 2.8 polegadas e parece que vem para brigar pelo mercado de aparelhos de baixo custo

Rafael Rigues

12/08/2010 às 17h32

Foto:

A ZTEmobile anunciou nesta quinta-feira o lançamento de seu primeiro smartphone Android no mercado nacional, o X850. Exclusivo da operadora Vivo, o modelo parece seguir o caminho de recentes Android de baixo custo como o Motorola Flipout e Sony-Ericsson Xperia X10 Mini: traz processador de 600 MHz (com co-processador para aceleração 3D), tela de 2.8 polegadas com resolução de 240 x 320 pixels, cartão microSD de 2 GB, câmera de 3.2 MP sem flash, Rádio FM, GPS e as interfaces de rede que se espera em um smartphone Android: 3G, Wi-Fi e Bluetooth.

Curiosamente, a ZTE optou por uma tela sensível ao toque baseada na tecnologia resistiva (como no Nokia N97 e N97 Mini), em vez da tela capacitiva usada em todos os outros smartphones Android atualmente no mercado nacional. Como resultado, quem está acostumado a outros aparelhos estranha o X850 no primeiro uso, já que não basta tocar na tela para selecionar uma opção ou ícone: é necessário pressioná-la. Por isso o aparelho vem acompanhado de uma "canetinha" como nos PDAs de outrora, acessório considerado antiquado numa era de iPhones e iPads.

ZTE X850 - 360px

ZTE X850: Tela resistiva de 2.8 polegadas com "canetinha"

O X850 vem com sistema operacional Android 2.1, os tradicionais aplicativos do Google (GMail, YouTube, Google Talk, Google Maps) e o Documents to Go for Office, que permite ler documentos do Microsoft Office como documentos do Word e planilhas do Excel. A ZTEmobile optou por não modificar muito o sistema operacional ou sua interface: ao contrário de concorrentes como a Sony-Ericsson e Motorola, que criam interfaces customizadas com profunda integração com redes sociais (como Timescape e Motoblur), a única mudança visível no sistema é a substituição da tela inicial (Homescreen) padrão pelo LauncherPro, com mais recursos.

Segundo a ZTE, o X850 deve chegar às lojas da operadora Vivo em cerca de três semanas. O preço ainda não foi definido.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail